TRANSLATION

Pesquisar neste blog

domingo, 9 de maio de 2010

2007: UMA CAMISA, UMA TRAGÉDIA - PARTE 2 (A CAMISA AZUL)


No post anterior, falamos da última safra de uniformes que a Diadora forneceu ao Bahia em sua parceria de 3 anos com o tricolor baiano. Mas, na verdade, essa parceria foi encerrada mesmo com um 3° uniforme, inédito, que seria lançado apenas no último jogo do Bahia em casa naquela Série C, contra o Vila Nova.
O marketing que envolveu o lançamento dessa camisa foi bem sacado: uma enquete feita no site oficial oferecia duas opções de uniformes (que diferiam entre si apenas em alguns detalhes), para serem escolhidos pelo torcedor. Dizem as más linguas que, qualquer que fosse a opção eleita pela torcida, o novo terceiro uniforme já estaria escolhido. Mas o fato de, ao menos, colocar a torcida como "co-participante" da escolha já merece pontos. Mesmo depois de encerrada a enquete, o mistério ainda pairava no ar, pois a camisa escolhida só seria conhecida quando o Bahia adentrasse ao gramado da saudosa Fonte Nova. Vale lembrar que desde desde o ano 2000, quando vestiu a belíssima camisa alusiva aos 500 anos do Brasil, que o Bahia não lançava um terceiro uniforme.
A camisa em si parece que foi feita para encerrar com chave de ouro a parceria da Diadora com o clube, e ser a cereja do bolo do acesso à Série B. O lay-out, em si, seguia o padrão da marca, já utilizado nas camisas 1 e 2: mesmo corte, mesma gola, mesma tipografia e mesmo patrocínio. Era toda azul, com algumas listras verticais em tons mais escuros, em degradê, e uma fina listra vermelha entre elas. Os demais detalhes da camisa, tais como patrocínios, gola, números e barras vinham em dourado.
Esta camisa é, com certeza, a mais bela lançada pela Diadora para o tricolor, e talvez uma das mais bonitas de todos os tempos.
Uma pena o jogo de sua estréia ter sido marcado pela tragédia que marcou uma ocasião que deveria ter sido de festa e comemorações.
A camisa só foi usada nesta partida e, ainda assim, apenas no 1° tempo (depois do penalty perdido por Nonato, a superstição falou mais alto e o time voltou com a tradicional camisa tricolor listrada para o segundo tempo). Após este jogo, ela foi compulsoriamente "aposentada". Não sabemos se a intenção do clube era realmente usá-la apenas no jogo do acesso ou se ela seria usada nos jogos do início do ano seguinte e a tragédia terminou por abreviar sua curta vida. Algum tempo depois, surgiu na internet, em sites de leilão, a versão manga longa dessa camisa, o que nos faz pensar que a camisa poderia vir a ser, sim, usada em mais jogos (se a real intenção fosse usá-la em apenas uma partida, certamente não teriam feito um lote adicional numa versão manga longa, ainda mais que o jogo seria num domingo de novembro à tarde, em Salvador). Enfim, um mistério que talvez nunca desvendaremos. Essa versão manga longa nunca chegou a ser comercializada oficialmente.
Mas com certeza essa camisa marcou, bem e mal, o maior feito do clube nos últimos anos.


Time posando para foto, antes do fatídico Bahia x Vila Nova em 2007

Lances do jogo, que marcou negativamente o acesso do bahia para a Série B


Versão de mangas longas, que surgiu em sites de leilão na internet algum tempo depois de lançada. Essa camsia nunca foi oficialmente comercializada.

6 comentários:

  1. Arilde, vc sabe que meu sonho é ver de novo o Bahia com camisa azul marinho, short branco e meião vermelho como no começo dos anos 80. Mas essa camisa ficou linda, apesar do azul royal, e casou bem com o calção da mesma cor. Usada uma vez só, mas valeu a pena...

    ResponderExcluir
  2. É, eu tb gostaria de ver uma camisa totalmente azul, toda lisa, sem essas firulas que a Penalty, Diadora e Lotto fizeram em suas versões azuis. Igual àquelas clássicas dos anos 70 e 80 que nós temos.
    Mas nessa aí realmente a diadora matou a pau. Tanto que eu comprei uma segunda camisa dessa aí... rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Salve amantes do Esquadrão!!

    Essa camisa aí, a DIADORA acertou em cheio, posso afirmar (não sei se é a mesma opinião de vocês), que é a camisa mais bonita que a DIADORA fez para o Esquadrão, uma pena que ficou marcada por um dia tão ruim.

    Estou louco pra encontrar uma dessas, até no Mercado Livre já procurei, mas ainda acho.


    Paulo Brazil.

    ResponderExcluir
  4. Salve amantes do Esquadrão!!!

    Voltando aqui nesse tópico para externar a minha felicidade de ter conseguido (mesmo que 5 anos depois do seu lançamento)essa camisa do Esquadrão, que em minha opinião é umas das mais bonitas do Bahia!!!!

    Bora, Bahêa, minha porra!!!

    Paulo Brazil!!!
    Amante do Esquadrão!!!

    ResponderExcluir
  5. Na casa do tricolor tem esta camisa da diadora pra venda, sem patrocínio e sem a marca da diadora

    ResponderExcluir
  6. Na casa do tricolor tem esta camisa da diadora pra venda, sem patrocínio e sem a marca da diadora

    ResponderExcluir